Este post está cheio de sugestões e boas ideias para quem sabe que as melhores coisas da vida são simples e estão ao nosso redor. Acostumada a criar ambientes infantis mais propícios para interação entre pais e filhos, Gabi Marques, se empenha em contextualizar brinquedos e outros pequenos objetos da criança em ambientes contemporâneos sempre mantendo um caráter forte, divertido e um estilo único.

Quando crescemos deixamos de lado o hábito de brincar e ganhamos outras diversões, até a chegada dos nossos filho. No começo, podemos até nos achar sem jeito para as brincadeiras, é difícil falar a mesma língua destas pessoinhas, mas se nos damos uma chance, redescobrimos como é divertido se esconder pela casa e fingir estar no meio da selva cercado de crocodilos e dinossauros. Com os filhos resgatamos brincadeiras e atividades da nossa época que ficaram guardadas no passado. Lembramos de coisas que amávamos, como pudemos esquecer?! Aprendemos coisas novas também, taí a oportunidade de viver novas aventuras ao lado de quem a gente ama. Saiba que tem gente que consegue carregar este espírito por toda a vida.

Para quem não teve muito tempo para brincar na própria infância; para quem estava ocupado demais para se divertir quando teve filhos pela primeira vez; para quem simplesmente anda muito engessado pela dureza da vida, essa retomada é quase um renascimento. Receber essa aceitação em doses diárias pode ser libertador porque a gente nunca desaprende a brincar. Só se esquece (temporariamente) como é bom.

 

Por fim, em se tratando de quarto de criança, cada um de nós tem gostos, vontades e uma porção de brinquedos que constroem este local único. Mas, fica a dica, rever e quebrar regras pode ser um bom começo para uma nova história. Experimente!

Projeto: Gabi Work / Tapete de Algodão e Brinquedos: Mimoo Toys / Roupa de Cama e Papel de Parede: Mooui / Marcenaria: Maria Joaquina / Cama: Ameise Design / Foto: Sidney Doll